two of many

02:25

Estava cansada, tinha tido um dia longo onde ao todo só tinha posto os olhos fixamente em cinco pessoas. Vesti o pijama e apaguei a luz. Deitei-me na cama, pousei a minha cabeça na almofada e senti o cheiro e a frescura dos lençóis lavados. Agarrei no meu peluche e senti-me pronta a adormecer. Fechei os olhos. Nada aconteceu. Nada para além de um turbilhão de pensamentos e memórias dos últimos meses. Senti-me triste instantaneamente. O sono desvaneceu e eu fiquei presa a todos os pedaços de passado. Somei todas as mudanças que tinham acontecido e que me trocaram as voltas até me tornarem no que sou hoje. A tristeza que me percorria era o suficiente para não conseguir pensar no lado positivo que haviam trazido. Dei umas quantas voltas na cama e decidi que quando acordasse ia resolver o fantasma que me atormentava naquele momento. Voltei a fechar os olhos e nesse instante soltei uma lágrima. Talvez estivesse presa por algum tempo e eu ainda não estivesse pronta para a libertar. Foi como uma despedida do fantasma mas ao mesmo tempo foi um aperto no coração. Os pensamentos e as memórias permanecerão, por mais que os tente libertar.

1 comentários

  1. Nice post!
    I'm a new follower of your blog, if you want to follow mine on my blog ...
    https://amoriemeraviglie.blogspot.it/

    ResponderEliminar